Garotas de programa de luxo by admin

A precariedade e a vulnerabilidade da mulher que faz sexo em pensões ou num banco traseiro do carro do cliente e a mulher que tudo arrisca, até ser vítima de violência, dão lugar a um mundo onde o “sexo fraco” se pode dar ao luxo de escolher quem atende.

Estas “acompanhantes de luxo” primam pelo gosto em vestir bem. Mulheres bonitas, de silhuetas esculturais e que se movem no mundo da alta sociedade com um à vontade caraterístico.

De facto, não é o dinheiro pela sobrevivência que as move mas sim o uso que lhe podem dar. Uma vida de glamour e de luxo, de viagens a lugares exóticos, tratamentos de beleza, carros topo de gama.

Para além destes bens materiais, estas mulheres sentem prazer com esta actividade uma vez que “erotizam a própria prática da prostituição”. Usam o seu poder de sedução em função das suas fantasias e sentem-se confortáveis nesse papel.

Uma vida dupla porque se reveste de anonimato na medida em que nem as pessoas e familiares mais próximos conhecem a sua “profissão”.

Read more

Psicologia masculina acerca da prostituição e acompanhantes by admin

Uma vez que a “rede é completamente fechada, ninguém sabe que esta ou aquela mulher é uma prostituta nem quem são os homens que recorrem aos seus serviços”.

Defende que só os homens com algum poder económico e com estatuto social conseguem ter a companhia destas prostitutas acompanhantes.
O investigador explica que este é um “mundo social restrito” onde circulam discretamente mulheres entre os 18 e os 35 anos.

Os homens escolhem-nas para terem relações sexuais descomprometidas, para romper com relações rotineiras e poder simular a conquista sexual mas muitos ficam dependentes delas. Chegam a pagar-lhes as rendas da casa ou a fazer avultadas transferências bancárias. Temem descobrir que afinal aquela mulher não é uma conquista, que a afirmação que procuravam conduz sim a uma desvalorização da sua masculinidade.

Bem mais fácil manipular a realidade do jeito que nos faça sentir mais confortáveis.

Read more